4 de junho de 2015

Bom dia, meu amor

"Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz..."

Meu amor, hoje a saudade veio de um jeito gostoso, sabe?! Até chegou a doer um pouquinho em alguns momentos, mas em grande parte, não. Fiquei lembrando do último domingo e em como eu quero todos os meus dias o "bom dia" que tivemos. Só nós dois, aquela sua voz de sono que adoro, beijos de quem está meio que dormindo ainda e, amor, eu fiquei te olhando dormir, você, ali, tão meu, só pra mim, eu senti que nada pode abalar o que temos. É muito, é forte, é grande, é maior do que imaginamos, provavelmente. Olha, amor, queria dizer pra você do seu sabor, do seu gosto que tanto fica em mim, dos seus beijos apaixonados cheios de doçura e tesão. Porra! Quanto...! Do calor que eu sinto quando está comigo, de você em mim. Do enlace das nossas pernas, dos nossos corpos. Da melhor conchinha do mundo, do jeito que a gente se encaixa, que a gente se completa, do que jeito que você me veste e como cabemos um no outro. Quero dizer que eu sou sua menina, viu?! E você é o meu rapaz. Sou sua e você é meu, temos a lua como testemunha dessa nossa entrega. Meu amor, você deixa tudo mais bonito, mais azul, que agora é a cor do amor, do nosso amor, do nosso lar. Eu em você, você em mim. A casa que fizemos um no outro. Às vezes quero escrever, eternizar em palavras nós dois, mas você já tornou tudo poesia, todos os nossos momentos, nossas conversas, nossos sorrisos. Tudo! Você, meu amor, é a minha melhor poesia, a mais linda, a mais romântica, a que mais tem fogo, e que fogo, a mais louca, a que me deixa leve. Eu dedilho seu corpo e consigo ler o tanto de amor que tem, consigo ver que ele transborda de um jeito bom. Quero me inundar de você e de tudo isso que você me proporciona, dessa felicidade sem fim, dessa paixão que arde deliciosamente, dessa alegria radiante. Você, meu amor, meu príncipe, meu homem. Hoje, eu fiquei daqui imaginando você aí, fisicamente separados, amanhã, ou o quanto logo, quero nós, suas mãos em mim, sua boca, seus convites pra dormir no pé do meu ouvido, e me aconchegar nos braços do meu homem, você, que tem o melhor abraço que eu já conheci.

E vou te olhar todos os dias de manhã e dizer que sou completamente apaixonada por você, meu amor.